12 a 22 de Abril

Descrição do local de atendimento

O parque nacional da Chapada Diamantina tem uma área em torno de 150 mil hectares e foi criado em 1985. Um dos destinos turísticos imperdíveis da Bahia e um dos melhores do ecoturismo brasileiro e os motivos para tal são diversos. O parque (que abrange a Serra do Sincorá, Lençóis, Palmeiras, Andaraí e Mucugê) conta com diversas cachoeiras, trilhas, montanhas, natureza exuberante, cavernas e outros muitos atrativos. A rica biodiversidade e os diferentes ecossistemas possibilitam uma conexão mágica com a natureza. Os povoados do entorno, que habitam principalmente regiões mais áridas, onde predomina a caatinga, serão o foco de atendimento desta expedição.

Nossos atendimentos

Realizaremos atendimentos em populações com variáveis densidades demográficas que estão carentes de assistência de saúde oferecendo atendimentos de  medicina de qualidade desde clínica geral e pediatria básica a diversas especialidades visando sempre contemplar as demandas de cada povoado conforme estudo já realizado

É importante levar em consideração que independente das especialidades, todos atuam como médico geral, atendendo adultos e crianças, além de auxiliar com a logística e possíveis ações de sustentabilidade na comunidade. Os não médicos podem atuar auxiliando os médicos e equipe logística entre outras funções que serão direcionadas. Serão aproximadamente, 1.000 pessoas a serem atendidas nesta expedição.

QUEM PODE PARTICIPAR? VAGAS TAMBÉM PARA NÃO-MÉDICOS

A expedição é aberta a médicos*, pessoas em geral – que mesmo sem qualificação médica queiram trabalhar como voluntários na organização, triagem e serviços gerais: professores, advogados, arquitetos, engenheiros etc. O mais importante: é querer trabalhar, somar e fazer a diferença.

**Médicos formados no Brasil ou no Exterior, desde que possuam CRM válido, em acordo com a legislação brasileira.

Vagas
Todas as especialidades são bem-vindas, abaixo estão as demandas que tem nessa região e serão usadas também para critério de seleção.

Área da Saúde

  • Clínico Geral,
  • Ginecologia,
  • Radiologista (USG),
  • Pediatra,
  • Oftalmologista,
  • Urologista
  • Dermato
  • Otorrino
  • Proctologista
  • Cardiologista
  • Ortopedista
  • Pneumologista
  • Farmacêutico
  • Estudante de Medicina
  • Psicologia

 

Outras profissões

  • Comunicação: Fotógrafo, Cinegrafista, Social Media
  • Apoio logístico (qualquer profissional fora da área de saúde)

 

Sua profissão/especialidade não está acima?

Não tem problema, todos os profissionais são bem-vindos, a lista acima refere-se a necessidade da expedição e do local, e algumas vezes não conseguimos todos os profissionais e adaptamos de acordo com os profissionais que têm interesse. Se você acredita que pode ajudar nessa missão,  inscreva-se e entraremos em contato!

Quanto Custa?

R$ 6.500,00 por pessoa.  O valor pago por cada voluntário é uma doação que possibilita o Instituto Dharma realizar a expedição. Pagamento parcelado em 5x, sendo que a última parcela deverá ser paga até 05 dias antes do embarque.

INCLUSO**: transporte, hospedagem, algumas refeições, acompanhamento de guias nas trilhas, ingressos, passeios do Day Off.

NÃO INCLUSO: passagens aéreas, seguros***, gastos pessoais, visto, vacinas e teste RT-PCR para COVID-19

Vagas limitadas: máximo de 20 voluntários;

** Disposições gerais no termo de adesão a ser assinado;

*** A Contratação de seguro de viagem é OBRIGATÓRIO para todos(as) os voluntários(as)

ROTEIRO

Chegada via Lençois – BA – caso os voos estejam operando normalmente.

Caso não, a chegada será via Salvador, com transporte disponível até Lençois.

O roteiro detalhado da expedição ainda está sendo desenhado junto aos agentes de saúde locais baseado na necessidade dos locais.

*O itinerário disponível aqui está sujeito a mudanças devido à pandemia, às condições climáticas ou mudanças políticas/administrativas do local em questão, e/ou das companhias aéreas, também em ajuste à logística dos atendimentos para melhor atender as comunidades locais;

O QUE LEVAR COMO MÉDICO?

Os voluntários médicos, que tiverem seus próprios equipamentos precisam levar:

  • Estetoscópio, termômetro, oxímetro, medidor de pressão entre outros que possam ser úteis para os atendimentos.

  • 2 máscara N95 para cada dia de atendimento + 2 de reserva

  • Medicamentos – dentro da sua especialidade, estimulamos levar amostra grátis do que é básico para o seu atendimento.

O QUE FORNECEMOS?

ULTRASSOM: O Instituto Dharma possui um Ultrassom Portátil de última geração, da marca Canon Medical, para uso em suas expedições levando tecnologia e facilitando o diagnóstico dos pacientes em campo.

DIVERSOS: Estetoscópio, termômetro, oxímetro, medidor de pressão

OFTALMOLOGIA: retinoscópio e oftalmoscópio – 110v + mala de lente de provas

GINECOLOGIA: junto com os agentes de saúde e secretaria envolvidas, buscamos doação para kit para coleta de preventivo.

OTORRINO: otoscópio

INSUMOS: luva, álcool, lençol para maca, papel toalha entre outro insumos necessários para expedição/.

OBRIGAÇÕES DO VOLUNTÁRIO

Participar das capacitações (online), onde explicaremos todas as atividades que desenvolveremos, auxiliaremos nas dúvidas dos atendimentos, boas práticas do voluntariado, comunicação não violenta entre outros.

Apresentar carteira de vacinação COVID e teste PCR ou antígeno 48 horas antes do embarque.

FATOS – CONSIDERE ANTES DE SE CANDIDATAR

Esta expedição é realizada numa área remota, de difícil acesso. A viagem até os locais de atendimento inclui um transporte difícil, via barco, voadeiras, caminhadas – uma viagem que pode ser muito desgastante. O ambiente também é desafiador. As acomodações são muito simples, a água potável é um recurso limitado, e o sinal de internet é precário e por muitas vezes INEXISTENTE. Esteja preparado para abrir mão de conforto, comer uma comida bem diferente da sua e encarar situações onde a resiliência e o improviso serão necessários. E aí, aceita o desafio?

PROTOCOLOS COVID-19 

TODOS os(as) voluntários(as) – sem exceção – vacinados ou não, devem apresentar resultado de teste PCR ou antígeno, realizado até 48 horas antes do embarque. Alem de uma cópia da carteira de vacinação.

IMPORTANTE

A expedição de saúde são generalistas.

Medicina para uma área que não tem acesso a saúde, logo é uma MEDICINA BÁSICA.

Nos casos das especialidades que tiverem demanda, o mesmo atuará na sua área, os demais serão clínicos gerais.

Todos os médicos têm que estar aptos para atender criança e adulto. Independente da especialidade, precisamos trabalhar em equipe e estaremos expostos a todo tipo de atendimento.

A CHANCE DE FAZER A DIFERENÇA PARA QUEM MAIS PRECISA

Uma expedição voluntária é um mergulho na cultura e na vida de uma comunidade. Uma experiência antropológica única, de verdade, sem filtros. Entender como as pessoas vivem e entender sua realidade. É a chance de fazer a diferença de fato, de maneira efetiva e prática. É poder mudar o mundo, com suas próprias mãos.

Equipe da Expedição

Laís Betty

É Bióloga graduada e pós-graduada em Citogenética pelo Instituto de Biociências da USP – SP, foi coordenadora do curso de Biologia e de Latu-Senso em Ecologia na FMI-Mogi Guaçu-SP. Atualmente é Diretora Administrativa e Financeira de uma empresa multinacional e também Diretora Financeira do Instituto Dharma. Viajante experiente, com paixão especial por montanhas e locais remotos, já participou de ações do Dharma no Nepal, Índia, Fiji e no Amazonas.

Liz Franzotti

Médica, graduada no Centro Universitário Serra dos Órgãos – UNIFESO. Especialista em Dermatologia, e a paixão pela Medicina Voluntaria é o que faz o coração bater mais forte. Kitesurfista, já voluntariou no Downwind Solidario do instituto Dharma, além de atender os moradores de rua em São Paulo pela ONG Médicos do Mundo.

Faça sua inscrição