Loading...
Expedição Médica VV/Dharma Sertão – 2017 2018-02-06T12:13:46+00:00

Project Description

EXPEDIÇÃO MÉDICA VV/DHARMA SERTÃO – 2017

Dentro dos mesmos moldes realizados na expedição de 2016, em parceria com a Volunteer Vacations, levamos desta vez 26 voluntários para atender as comunidades carentes no sertão do Piauí, de 27/10 a 5/11 de 2017.

Duas novas comunidades foram inseridas no roteiro de atendimento, que incluiu Ramada (ainda na Serra do Inácio) e Quilombo de São Martins (município de Betânia do Piauí). Em 9 dias de trabalho, aumentamos 40% o número de pacientes atendidos em relação ao ano anterior, totalizando 2.752 procedimentos médicos.

Desta vez, já realizamos o trabalho de tabulação e análise de dados dos atendimentos por especialidade.

ATENDIMENTO POR ESPECIALIDADE:
Clínico Geral 27%
Oftalmologia 20%
Pediatria 18%
Odontologia 13%
Psicologia 6%
Fisioterapia 2%

Alguns dados interessantes levantados:

  • A renda familiar média é de R$ 489,00 e a média de pessoas por residência é de 5 pessoas (isso dá um total de R$3,36 por dia, por pessoa, para subsistência).
Mulheres atendidas 64%
Homens atendidos 36%
Vivem dos benefícios do Bolsa Família 40%
Vivem de aposentadoria 30%
Vivem de agricultura 17%
Não possui fossa em casa 60%
Não tem banheiro 41%

Pudemos notar que em algumas localidades, os casos mais graves atendidos em 2016, não tiveram que ser atendidos em 2017. Também acompanhamos a evolução de alguns casos de pacientes, graças ao histórico registrado em 2016. Em todas as ocorrências os pacientes evoluíram bem. De modo geral, a saúde das pessoas estava melhor um ano depois de nossa visita.

Na área sócio-econômica e de geração de renda, identificamos a possibilidade de iniciar um projeto chamado “sisteminha”. O Sistema Integrado para Produção de Alimentos, ou “Sisteminha Embrapa”, hoje atende centenas de famílias dos estados do Piauí e Maranhão. O Sistema combina a criação de peixes em tanques, construídos com materiais simples como palha, barro, papelão, madeira e plástico, e a água dos tanques é usada também para a irrigação de horta para plantação de hortaliças, legumes e até árvores frutíferas.

“Tecnologia de produção integrada de alimentos que consiste num rodízio de produção que envolve a produção integrada de frutas, hortaliças, aves, pequenos animais (porquinho da Índia) e peixes, com a recirculação de nutrientes a partir da criação de peixes. O Sisteminha Embrapa é uma tecnologia de produção integrada de alimentos, fundamentada em quatro princípios: 1) Miniaturização; 2) Replicabilidade; 3) Escalonamento da produção; 4) Segurança alimentar e nutricional, apropriada para agricultores familiares.

O Sisteminha também recebeu dois prêmios nacionais (Embrapa 2012 e Prêmio da Fundação Banco do Brasil de Tecnologia Social 2013) e o prêmio internacional da Rede Innovagro 2014, com sede no México. A solução pode ser utilizada no Brasil inteiro e exterior, e vem se tornando política pública, com projetos de instalação de mais de 3 mil Sisteminhas.

Esta solução tecnológica foi desenvolvida pela Embrapa em parceria com outras instituições.”

Fonte: Embrapa

PARA SABER MAIS:

Aplicamos recursos num primeiro piloto de sisteminha que foi implantado, e que até o momento este se mostrando eficiente. Tão logo o modelo se comprove de fato eficaz e viável nas comunidades em que atuamos, faremos um plano de captação de recursos e instalação de outras unidades.

Para 2018 planejamos realizar 2 expedições médicas simultâneas: além desta para o sertão do Piauí, uma outra em região ainda a ser definida (sertão da Bahia ou Amazônia).

Esta expedição foi financiada pela edição do segundo livro Dharma e teve como patrocinadores/apoiadores:

FOTOS:

PATROCINADORES:

(Expedição Katerre, Tone Construtora, Mundus Turismo)

APOIADORES:
0
voluntários
0
óculos entregues
0
procedimentos médicos
0%
de aumento dos atendimentos
Donate Now

FAÇA A DIFERENÇA

Seja a mudança que você quer ver no mundo.

SEJA VOLUNTÁRIO
DOE AGORA

OUTROS PROJETOS